Como escrever? De “A” a “V”, de escritores para candidatos à escrita

Revista LER | Inverno 2019 | Texto de Filipa Melo

AMOR

«A melhor metáfora que conheço para o que é ser-se um escritor de ficção está em Mao II, de Don DeLillo, quando ele descreve um livro em processo de escrita como uma espécie de bebé horrendamente aleijado que segue o escritor por todo o lado, sempre a rastejar atrás dele (arrastando-se do outro lado do piso de restaurantes onde o escritor está a tentar comer, espreitando aos pés da cama logo de manhã, etc.), terrivelmente defeituoso, hidrocefálico e sem nariz, com braçadeiras nos braços e incontinente e retardado e escorrendo líquido cefalorraquidiano pela boca, enquanto choraminga, balbucia e pedincha junto do escritor, querendo amor, querendo exatamente o que a sua monstruosidade lhe garante: a atenção completa por parte do escritor.

Continuar a Ler >>

One thought on “Como escrever? De “A” a “V”, de escritores para candidatos à escrita

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s